Ramo alimentar e indústria automóvel procuram profissionais especializados

April 19, 2018

As empresas do setor industrial em Portugal estão a contratar profissionais com perfis técnicos e especializados nas áreas de automação, robótica, eletricidade e AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado) bem como perfis de gestão de projetos ao nível de processos. Dos setores estudados pela Msearch, aqueles em que se tem verificado um maior crescimento de necessidades de recrutamento especializado são as empresas do ramo alimentar e fornecedores de peças e serviços para a indústria automóvel. Estas são algumas das conclusões da edição de 2018 do guia Msearch Market Trends. Na área da logística e da distribuição, verifica-se a valorização da experiência operacional em ambiente de armazém, de transitários e de operadores de logística integrada. Capacidade de trabalho, disponibilidade de tempo extralaboral, de proatividade e de antecipação são competências importantes para este tipo de setor; As competências técnicas ao nível de engenharia civil são acompanhadas por elevada experiência profissional prática e operacional, preferencialmente em obras de referência e em empresas reconhecidas pelo mercado. A capacidade de adaptação a culturas diferentes e polivalência operacional em campo complementam os requisitos frequentemente indicados pelo empregador. De referir o conhecimento da língua francesa assumir importância vital face à crescente tendência de projetos de construção na zona do Magrebe. Em Portugal, já se verifica um tímido crescimento no recrutamento técnico, nomeadamente em Direção de Obra e Projetistas; Num setor com elevado crescimento em Portugal, a Agricultura tem valorizado perfis com efetiva experiência operacional e de planeamento das culturas. A capacidade de gestão de equipas em campo, experiência na produção em diferentes culturas, assim como a implementação de sistemas de certificação, permitem valorizar a candidatura nesta área profissional. Acresce ainda a importância da disponibilidade de tempo, bem como de abertura à possibilidade de mobilidade geográfica como fatores decisivos na seleção de um candidato. Posições mais solicitadas Indústria - Relativamente às posições com maior solicitação por parte do mercado, a área industrial representa cerca de 56% dos processos de recrutamento. As funções da Qualidade e de Manutenção representam 40% do recrutamento em ambiente industrial. As restantes funções são repartidas em Técnicos de Automação (25%), Responsáveis de Melhoria Contínua (14%), Supervisores de Produção (13%) e Engenheiros de Processo (8%). Logística - No que concerne à vertente da Logística, de mencionar que cerca de 60% das solicitações prendem-se com o cliente final e o restante com operadores logísticos. De mencionar, a predominância de Responsáveis de Processos Logísticos com cerca de 45% dos processos de recrutamento, seguido de Responsáveis de Armazém e de Gestores de Tráfego, 35% e 20% respetivamente. Construção Civil – Cerca de 60 por cento das funções solicitadas prendem-se com atuação em obra e o restante na vertente de projeto. Um setor ainda predominantemente internacional, mas com crescimento ténue em Portugal. Os dados do Msearch Market Trends foram obtidos tendo em conta mais de 4.000 entrevistas com candidatos e reuniões com clientes, realizadas nos primeiros dois meses e meio de 2018, pelos consultores especializados da Msearch. O objetivo do guia é apresentar a imagem real e atual do mercado de trabalho em Portugal.

Technical Support

[080/UPG/83819/MP] - Lisboa


Outsystems Developer

[080/UPG/83619/MP] - Lisboa

Incident Manager

[080/UPG/77719/MP] - Lisboa